Homem corta cabeça de susposta amante e depois se mata

Homem corta cabeça de susposta amante e depois se mata

15 de maio de 2016 Off Por Chapecó



  • Lajeado Grande – A tarde deste sábado, 14 foi macabra para os moradores da pequena cidade de Lajeado Grande, a 40 km de Chapecó.

    Um crime envolvendo atitudes de rivalidade e prevalecendo sentimentos de ódio, inveja e ciúme, que sorrateiros como serpentes venenosas rastejam para mais uma vez culminar em duas mortes desnecessária.

    Foi por volta das 16h30, que policiais militares, atenderam a ocorrência de Homicídio, seguida de Suicídio, onde a guarnição foi informada pelo Copom de Xaxim que havia ocorrido um suicídio no Município de Lajeado Grande na Rua Judite Dal Magro, n° 48.

    Segundo relato policial, Edegar Mellegari 45 anos, havia cometido suicídio. Ele amarrou uma corda presa há uma arvore em seu pescoço e posteriormente se deu um tiro com um revólver Marca Rossi, Calibre 32 em sua cabeça. Próximo do corpo foi localizado um revolver o qual tinha em seu tambor dois estojos deflagrados e quatro cartuchos intactos.

    De imediato foi acionado a Policia Civil que juntamente com o IGP – Instituto Geral de Pericias, deslocaram ao local e procederam com a perícia. Durante a realização da perícia notou-se que no Veículo Fiat/Palio, Placas MIL-1015 de Chapecó, que seria de propriedade do homicida havia marcas de sangue no interior do mesmo.

    Em certo momento os policiais receberam uma informação de que uma moça de 29 anos de nome Natalina Lopes de Almeida que teria um relacionamento extraconjugal com Edegar estaria desaparecida, foi quando parentes e populares começaram a procurar e encontraram o corpo de Natalina, decapitado próximo a Linha Nardino, interior de Lajeado Grande, envolto em um pedaço de plástico transparente. Pelas vestes foi reconhecida pelo Irmão e pelo Pai como sendo o corpo de Natalina que apresentava aproximadamente 14 (quatorze) perfurações de Arma Branca (faca) pelo corpo. Como a cabeça da vítima não estava junto ao corpo, foram realizadas buscas, mas até o momento não foi encontrada.

    Outra informação repassada aos policiais é de que Natalina e Edegar estavam na cidade de Xaxim na manhã deste sábado, 14, inclusive estiveram em um bar na companhia do Pai de Natalina. Logo após o almoço Natalina chegou a telefonar para o pai, informado que estava retornando a pé, para casa em Lajeado Grande, porém, não tiveram mais informações até encontrarem o corpo da mesma decapitado.

    Fonte: Cidadão no Comando