PROERD levará a campanha “O que você tem a ver com a corrupção” às escolas públicas e privadas do Estado

PROERD levará a campanha “O que você tem a ver com a corrupção” às escolas públicas e privadas do Estado

12 de novembro de 2016 Off Por Chapecó



  • A campanha “O que você tem a ver com a corrupção” vai chegar a cerca de 80 mil crianças catarinenses. A campanha do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) vai ser trabalhada dentro do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), que levará a discussão sobre o tema da corrupção às escolas públicas e privadas do Estado.

    A parceria foi firmada por meio de Protocolo de Cooperação assinado pelo Procurador-Geral de Justiça, Sandro José Neis; pelo Comandante Geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), Coronel Paulo Henrique Hemm; pelo Presidente da Associação Catarinense do Ministério Público (ACMP), Promotor de Justiça Luciano Trierweiller Naschenweng, e pelo Secretário de Segurança Pública, Cesar Augusto Grubba, na tarde dessa quinta-feira (10/11).

    Na ocasião, O Procurador-Geral de Justiça Sandro José Neis destacou a alegria que o evento do PROERD passa aos seus participantes e disse ter certeza de que a parceria trará frutos positivos.

    O Comandante Geral da PM enalteceu a parceria entre o MPSC e a PMSC, sobretudo essa nova integração entre a campanha “O que você tem a ver com a corrupção” e o PROERD.

    O coordenador da campanha “O que você tem a ver com a corrupção”, Promotor de Justiça Ricardo Viviani, considera a integração uma oportunidade ímpar para a disseminação da ideia do projeto, destacando a felicidade de perceber, no ato da assinatura da parceria, a disposição dos instrutores do PROERD para trabalhar a conscientização acerca da temática da corrupção e a importância do ‘agir individual’ honesto.

    Para o Coordenador do PROERD no Estado, Major Reginado Rocha, a parceria vem para fortalecer não só os laços entre o MPSC e a Polícia Militar mas também os valores que o PROERD já passa nas aulas, que são ter boas atitudes e fazer boas escolhas.

    No final de 2017, segundo Rocha, haverá uma avaliação do impacto da parceria. E em 2018, o plano é produzir materiais da campanha “O que você tem a ver com a corrupção” com os personagens já conhecidos do PROERD.

    Serão disponibilizados cadernos da campanha do MPSC para os policiais distribuírem em sala de aula como parte da lição de número quatro do caderno usado pelo PROERD, em que a personagem Sofia pega um óculos de uma loja e sai sem pagar. O objetivo é que o tema da corrupção presente no material seja levado também para os lares dos jovens.

    A campanha “O que você tem a ver com a corrupção” busca mostrar que a corrupção está também nos pequenos atos do dia-a-dia e destaca a importância de o cidadão agir honestamente nessas situações. Clique aqui para ver a cartilha da campanha.

    A assinatura do termo fez parte da solenidade de abertura do 14º Seminário Estadual do PROERD, que ocorreu no Morro das Pedras, em Florianópolis, e contou com a presença de autoridades das instituições participantes do Protocolo de Cooperação.

    Fonte: MPSC

    Fonte: Cidadão no Comando