Presidente da Chapecoense oferece título estadual aos que morreram na Colômbia: “Também é deles”

Presidente da Chapecoense oferece título estadual aos que morreram na Colômbia: “Também é deles”

8 de Maio de 2017 Off Por Chapecó



  • A conquista do título do Campeonato Catarinense é fruto do desempenho da Chapecoense na competição – tanto que ergue o troféu por ter melhor campanha que o Avaí. Mas para o presidente da Chape, Plinio De Nês Filho, tem mais gente de verde responsável pelo caneco.

    É a primeira conquista do clube depois da tragédia em 29 de novembro do ano passado.

    Não há como não lembrar dos que partiram, mesmo pelo entusiasmo da conquista. O dirigente não conseguiu esquecer dos amigos que perdeu, tampouco foi capaz de segurar as lágrimas.

    – Nossa torcida mostrou entusiasmo.

    Esse título significa o resultado do trabalho de quem já fez parte do trabalho. Sempre caminhamos juntos. O título também é deles. Começamos a escrever uma nova história, depois do que aconteceu. Mas também é deles – desabafou, emocionado.

    Plinio De Nês Filho pediu para o departamento de futebol que o Campeonato Catarinense fosse prioridade. Por mais que houvesse torneios com maior importância, a Chape deveria lutar tudo que pudesse para que o ato ocorrido neste domingo ocorresse. Segundo o presidente, era necessário pelo simbolismo. Era preciso alegrar o torcedor que sofreu com as perdas recentes.

    – O título tem representatividade muito grande, não apenas por sermos pela primeira vez campeões do estado. Entendemos que deveríamos premiar nossa torcida, mas com o que nos é possível. Não podemos jogar todos os campeonatos e ganhar todos. O título do Catarinense é algo que podemos ter. E tivemos.

    Fonte: DIÁRIO CATARINENSE