Chapecó atinge 70,2% de público vacinado pela Influenza

Chapecó atinge 70,2% de público vacinado pela Influenza

25 de maio de 2017 Off Por Chapecó



  • A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza segue até a sexta-feira (26). Chapecó já vacinou 70,2% do público alvo: os idosos, gestantes, puérperas até 45 dias após o parto, crianças de 06 meses a menores de 05 anos, profissionais de saúde, adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativa, portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, população indígena, funcionários do sistema prisional e professores das escolas públicas e privadas.

    A meta em Chapecó é vacinar 90% do público alvo, de 60 mil pessoas. Para os dois últimos dias de Campanha de Vacina, haverá turno ampliado em algumas unidades de saúde em Chapecó, quinta-feira (25) e sexta-feira (26). As unidades que ficarão abertas até às 19 horas para melhor atender o público chapecoense são os Centros de Saúde da Família dos bairros Bormann, Oeste, Bela Vista, São Pedro, Chico Mendes, Sul, Efapi, Norte e Santa Maria.

    De acordo com a enfermeira e coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Chapecó, Karina Giachini, a vacina é oferecida nos 26 Centros de Saúde da Família para registrar as doses no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização. Outro objetivo, segunda Karina, é atualizar o esquema vacinal. “Além da vacina da Influenza, será intensificada a vacinação contra o tétano. Todo calendário vacinal poderá ser atualizado”, comentou. Importante, segundo ela, levar até o posto de saúde, a carteira de vacina, para verificar a situação vacinal e colocar a carteirinha em dia. Karina destaca que quem não tiver ou perdeu a carteira de vacina, também deve procurar o posto de saúde.

    É importante também levar o Cartão Nacional do SUS. “Quem não tem, deve levar o comprovante de residência que o cartão é feito na hora”, explicou Karina.

    Orientações

    • Levar a carteira profissional ou crachá que comprove que o profissional trabalha na área de saúde;
    • Portar documento de identificação;
    • Apresentar o Cartão Nacional do SUS, ou algum documento que contenha o seu número;
    • Caso não possua o Cartão Nacional do SUS, dirigir-se ao balcão do Centro de Saúde da Família para providenciar;
    • Apresentar prescrição médica (doentes crônicos não cadastrados em nenhum programa de controle de doenças crônicas do Centro de Saúde da Família).

     

    CIS OESTERua Carlos Gomes, s/n   Bairro São Cristovão
    CSF MARECHAL BORMANNRua Antunes de Almeida, s/n Distrito Marechal Bormann
    CSF BELA VISTARua Hercilio Luz 621 E,Bairro Bela Vista
    CSF SÃO PEDRORua Manoel Rolin de Moura, 159 D
    CSF CHICO MENDESRua Irlanda, 310 Bairro Presidente Médice
    CSF SULRua Diomedes Davi, s/n  Bairro Universitário
    CISGE EFAPIRua Cunha Porã, s/n  Bairro Efapi
    CIS NORTERua Heriberto Hulsen, 84 D  Bairro Líder
    CSF SANTA MARIARua Aquiles Tomazelli, 850 E  Bairro Santa Maria