Ações trabalham a Saúde Bucal nas escolas

Ações trabalham a Saúde Bucal nas escolas

30 de agosto de 2017 Off Por Chapecó



  • A Sofia Alves tem quatro anos, mas já sabe como e por que fazer a higienização bucal. “Aprendi que temos que escovar os dentes todos os dias, porque se não vem a bactéria e come os nossos dentes e precisamos deles”, conta. Ela e os colegas da turma do maternal do Centro de Educação Infantil Municipal Maria Helena Alves Chagas, no Bairro Parque das Palmeiras, participam de ações educativas e preventivas que estimulam bons hábitos de higiene e autocuidado, e mostram para os pequenos a importância de uma dentição saudável.

    Para frisar ainda mais a importância de cuidar dos dentes a professora Jerusa Rachelli resolveu ampliar as atividades e levar a turma até a Unidade Básica de Saúde para um bate-papo com o dentista. No passeio eles puderam conhecer onde e como ele trabalha, alguns equipamentos utilizados, saber tudo sobre uma escovação correta, além de fazerem diversas atividades lúdicas sobre a saúde bucal. A programação prevê também a visita do dentista na escola junto com os “amigos do dente”: creme dental, fio dental e escovas de dente.

    De acordo com a professora Jerusa, “este momento na educação infantil de estímulo e de trabalho a prevenção, é a melhor forma de diminuir as doenças bucais. É o meio mais simples, barato e inteligente de garantir uma população saudável e consciente. Ensinar hábitos de higiene bucal para crianças, levando em consideração a importância da escovação após as refeições, mostrando os benefícios da escovação, e também os problemas causados pela falta deste hábito tem sido através do diálogo e estímulo a tarefa diária. Através dessa prática educativa, com atividades lúdicas individuais e coletivas, é possível mudar um comportamento e oferecer o conhecimento necessário para tornar a higiene bucal um hábito diário na vida das crianças”, explica.

     

    Ações da Rede Municipal de Ensino

    Assim como no Ceim Maria Helena Alves Chagas, ações preventivas acontecem nas 83 instituições educativas da Rede Municipal de Ensino. As atividades são desenvolvidas pelas equipes de Saúde Bucal do município de Chapecó, que conta atualmente com 57 cirurgiões-dentistas e 53 Auxiliares de Saúde Bucal, atuando nos 26 Centros de Saúde da Atenção Básica e também no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO).

    Conforme explica a Dra. Cláudia Massignan Stakonski, Gerente de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde de Chapecó, “as condições de Saúde Bucal interferem diretamente na saúde geral do indivíduo, se refletindo no seu bem-estar físico, psicológico e social, independentemente de sua faixa etária”.

    Além dos atendimentos nas Unidades de Saúde, as equipes executam ações que vão além do atendimento clínico no consultório. Em 2016, por exemplo, foram realizadas 103.208 escovações dentais supervisionadas pelos dentistas nas escolas de Chapecó, conseguindo assim, maior alcance das ações e proporcionando melhor qualidade de vida à população.

    Segundo dados há os avanços verificados em alguns indicadores de saúde bucal da população chapecoense. Os avanços ficaram demonstrados no último levantamento epidemiológico, realizado no município em 2014. Nas crianças de 06 e 12 anos, houve redução no índice de CPO-D (Dentes – Cariados, Perdidos e Obturados) e aumento no número de crianças livres da cárie, em relação ao mesmo levantamento realizado em 2008.