SASE Chapecó: atendimento específico para a necessidade de cada aluno

SASE Chapecó: atendimento específico para a necessidade de cada aluno

6 de junho de 2017 Off Por Chapecó



  • Com o objetivo de oferecer assistência nas áreas de psicopedagogia, psicologia, fonoaudiologia e serviço social para crianças e adolescentes com transtornos específicos do desenvolvimento das habilidades escolares, com idade entre quatro a dezessete anos, foi implantado em 08 de fevereiro de 2010 o Serviço de Atenção à Saúde do Escolar – SASE. O espaço atende nas terças e sextas-feiras das 7 às 13 horas e nas segundas, quartas e quinta-feira das 13 às 19 horas.

    Neste período de funcionamento o SASE já atendeu 4.900 crianças em atendimentos como: anamneses (processo de admissão de pacientes atendidos), atendimentos em grupos, aplicação de testes psicológicos, grupos avaliativos e grupos de orientação aos pais. Somente no mês de abril de 2017 foram realizados 838 atendimentos.

    As crianças e adolescentes atendidas no SASE são oriundas das Instituições Educativas da Rede Pública do Município de Chapecó. Como critério básico para inclusão nos atendimentos, as crianças e adolescentes deverão estar obrigatoriamente matriculadas e frequentando regularmente a Rede de Ensino Pública, recebendo atendimento no contra turno escolar.

    No serviço são atendidas crianças e adolescentes que apresentam dificuldades relacionadas à aprendizagem e ao contexto escolar, e que estejam influenciando na aquisição das habilidades escolares. A atual equipe do SASE é composta por coordenadora, auxiliar administrativa, estagiário, auxiliar de serviços gerais, assistente social, 03 psicopedagogas, psicóloga e fonoaudióloga.

    De acordo com a coordenadora do SASE, Sandra Del Castanhel, o serviço tem como atribuições, além do atendimento oferecido a criança e adolescente, o trabalho interinstitucional realizado com escolas e demais órgãos que trabalham com infância e juventude. “É fundamental esse trabalho realizado com as famílias e com a comunidade escolar, no sentido de construir uma nova percepção da sociedade em relação à infância e a juventude”, enfatizou.

    Para a Secretária de Educação de Chapecó, Sandra Maria Galera, o SASE é um diferencial na educação de Chapecó, pois, através dele, é possível oferecer um atendimento especifico aos estudantes de acordo com a necessidade de cada um. “Direcionado para alunos que apresentem condição de atraso neuropsicomotor, com transtornos específicos do desenvolvimento das habilidades escolares, sociais, psicológicas e de linguagem e isto, reflete na qualidade do trabalho desenvolvido na educação”, finalizou.