Comissão Central Organizadora avalia estrutura do parque da EFAPI

Comissão Central Organizadora avalia estrutura do parque da EFAPI

28 de junho de 2017 Off Por Chapecó



  • A Comissão Central Organizadora (CCO) da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó (EFAPI 50 ANOS) fez uma visita no Parque de Exposições Trancredo de Almeida Neves nesta terça-feira (27). A intenção foi avaliar a estrutura do parque e fazer um levantamento para orçar as necessidades de melhorias para o evento que ocorrerá no período de 6 a 15 de outubro.

    Participaram da visita o presidente da expo-feira Josias Mascarello, o coordenador geral Marcio Ernani Sander, o vice-presidente Élio Cella, o cabo Luciano Bergonzi da Polícia Militar Ambiental, o administrador do parque Wilson Lobo, o secretário da FazendaGeralci Antoniolli, e demais integrante da CCO.

    Foi analisada a estrutura física dos pavillhões 1, 2, 3 e 4 sendo observados pontos importantes como a parte elétrica. Foram avaliadas também as melhorias de acessibilidade nos pavilhões e no parque em geral. “Estamos executando a abertura de todas as portas (rotas de fuga) que estavam especificadas em projetos e que são exigidas pelo Corpo de Bombeiros e legislação vigente”, frisou Mascarello.

    Foi conferida ainda a estrutura (usada pela Epagri e como praça de alimentação em outras edições da feira). Será feito um teste de carga no local para dar garantia da segurança na estrutura. “Estamos averiguando em todo o parque as adequações e melhorias necessárias para receber da melhor maneira possível os expositores e visitantes da EFAPI 50 ANOS”, destacou o coordenador geral Marcio Ernani Sander.

    REUNIÃO

    Na última semana, as comissões setoriais de infraestrutura, paisagismo, limpeza e meio ambiente da EFAPI 50 ANOS estiveram reunidas para discutir as ações e os ajustes necessários no Parque de Exposições. O responsável pela assessoria e planejamento da feira,Luiz Roberto Tillmann, enfatizou que o encontro oportunizou tomar algumas decisões sobre o processo de recolhimento de lixo, a limpeza, jardinagem e paisagismo, entre outros aspectos. “Está tudo bem conduzido, será um grande evento e esperamos que as condições climáticas nos ajudem para que possamos cumprir com os ajustes necessários no prazo”.

    Tillmann salientou, ainda, que é de suma importância que as comissões trabalhem de forma alinhada para obter os resultados esperados. “A ideia da coordenação do evento é ampliar as áreas de convivência do parque e priorizar o conforto e comodidade das pessoas que visitarem a EFAPI. Vamos ampliar essas praças, pois representam um atrativo a mais para a feira”.

    Mascarello realçou que foi possível cumprir com as deliberações das comissões de infraestrutura, paisagismo, limpeza e meio ambiente. “Estamos trabalhando para termos um evento especial e, portanto, é necessário pensar nas necessidades, adequações e detalhes de todos os setores para cumprirmos com o compromisso de promovermos um grandioso evento, digno dos 50 anos e do centenário de Chapecó”.

    O coordenador geral assinalou que a expectativa é receber número expressivo de visitantes do oeste catarinense, do Estado e do Mercosul nos dez dias da EFAPI, o que justifica a importância de um trabalho organizado e eficiente para que não ocorram falhas ou defeitos estruturais, apostando no bem estar, comodidade e segurança dos frequentadores da feira.