Centro de Inovação Tecnológica de Chapecó está 92% concluído

Centro de Inovação Tecnológica de Chapecó está 92% concluído

15 de abril de 2020 Off Por Editor



  • A obra que irá transformar e modernizar o setor econômico de Chapecó, impulsionando novas tecnologias e conhecimento está em fase final de execução. A edificação do prédio administrativo do “Centro de Inovação Tecnológica de Chapecó Prefeito Ledônio Faustino Migliorini” está com 92% dos trabalhos concluídos. Neste momento, estão sendo realizados os acabamentos, como pinturas, colocação de gesso, corrimãos, lâmpadas e detalhes externos.

    O segmento de Ciência, Tecnologia e Inovação se constituiu como uma nova matriz econômica neste segundo Centenário da história de Chapecó. O Centro está localizado na região da Grande Efapi, em uma área doada pela Prefeitura com 9.580m2, ao lado da Unochapecó. O prédio administrativo terá 3.100m2 e foi orçado em R$ 7.249.417,41, recursos oriundos do Governo do Estado de Santa Catarina.

    Segundo o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Arthur Badalotti Smaniotto, o setor público, sendo um dos eixos da tríplice hélice (governo-universidade-empresas), tem a missão de atuar como incentivador do empreendedorismo e do desenvolvimento tecnológico. “Este edifício será um marco, um centro de encontro e difusão de ideias, possibilitando Chapecó se destacar em mais uma matriz econômica”, complementou.

    A obra iniciou em 2014 e o Município precisou rescindir o contrato inicial com a empresa vencedora do processo licitatório por descumprimento de prazos. Um novo edital foi lançado e a Construtora Foscarini Eirele foi homologada para concluir a obra. Nesta nova fase, complementando o orçamento inicial, R$ 3.816.063,64 foram investidos, oriundos do Fundo Pró-Emprego (Governo do Estado de Santa Catarina).

    Em 21 de fevereiro de 2020, o Governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, anunciou mais R$ 1,5 milhões para a parte de divisórias e móveis do prédio. E para concluir a parte de infraestrutura interna e agilizar a entrega da obra, a Prefeitura de Chapecó irá investir outros R$ 500 mil para custear rede lógica, telefonia, monitoramento por meio de câmeras, climatização de áreas comuns e sistema de áudio do auditório.

    O Prefeito de Chapecó, Luciano Buligon destacou o empenho das lideranças público-privadas para a concretização deste projeto. “Esta obra representa uma conquista singular para a economia de Chapecó. O segmento de Ciência, Tecnologia e Inovação é uma aposta do Município para este segundo Centenário, por isso Chapecó viabiliza permanentemente ações para expandir e proporcionar incremento às empresas. O setor cresce 30% ao ano na região Oeste, mais do que a média de Santa Catarina. Estamos impulsionando o surgimento de novas matrizes econômicas, através de ações desenvolvidas entre a Prefeitura, as empresas que investem e qualificam a mão-de-obra e as Universidades, que geram pesquisas e novos conhecimentos”, explicou o Prefeito.

    O investimento do Estado foi descentralizado, com o compromisso do Município e da Universidade viabilizarem a obra. São parceiros do projeto a Unochapecó, Fundação Universitária de Desenvolvimento do Oeste (Fundeste), Prefeitura de Chapecó, Acic, [email protected] e o Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável.