Chapecó compartilha boas experiências na educação

Chapecó compartilha boas experiências na educação

2 de junho de 2017 Off Por Chapecó



  • O Seminário Internacional “Competências para a vida: Onde estamos e onde queremos chegar?”, aconteceu em Fortaleza na última semana. Uma das participantes foi a gestora Sara de Moura, da Escola Básica Municipal André Marafon, no Bairro Esplanada. Ela representou o Estado de Santa Catarina em um evento com muita troca de experiências e conhecimento. Juntamente com outros educadores, ela pode contar como projetos inovadores estão acontecendo em Chapecó, e dão início ao movimento de mudança na educação pública.

    O evento reuniu 400 convidados, entre pesquisadores internacionais e brasileiros, gestores públicos e educadores, que discutiram de que forma o desenvolvimento das competências socioemocionais e demais habilidades para a vida podem ser incorporados nas escolas, buscando oferecer educação integral e, assim, garantir uma formação plena de crianças e jovens, compatível com as necessidades do século 21.

    Sara apresentou o Projeto “Rubrica”, que trouxe para a escola uma experiência de implantação com um novo método de avaliação. “A rubrica é um método avaliativo que busca ações que mudem o mundo, ações de coletividade e cooperação. Ela é algo incluso na prática educativa, a partir do momento que o aluno se auto avalia sabendo que pode melhorar, pode fazer melhor e dar algo a mais para o professor. Em contrapartida o professor vai poder usar menos prova, menos trabalho e com isso, conseguir chegar ao objetivo que ele quer. Precisamos do efeito cascata da gestão, coordenação, professor até chegar ao aluno”, explica.

    Esta é uma das ações desenvolvidas que integram o grande Projeto “Inovação na Educação”, desenvolvido pelo Instituto Ayrton Senna, em parceria com Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Secretaria de Estado da Educação e Prefeitura de Chapecó, por meio da Secretaria de Educação. As ações acontecem desde 2015 e propõe um novo jeito de fazer educação.

    “Com este projeto os alunos estão aprimorando a capacidade de trabalhar em equipe e encontrar soluções para problemas complexos, pensar de maneira crítica, fazer escolhas autônomas e responsáveis desenvolvendo competências socioemocionais, para uma educação de qualidade nas escolas públicas”, disse a Secretária de Educação de Chapecó, Sandra Galera.

    Conheça o Projeto

    Chapecó é a única cidade do Brasil a desenvolver o projeto “Inovação na educação: Avaliando e desenvolvendo criatividade e pensamento”, em parceria com o Instituto Ayrton Senna. Dentre os objetivos está preparar os estudantes para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, tanto para a vida, como para o mundo do trabalho. Visa desenvolver instrumento de avaliação voltado ao pensamento crítico e a criatividade, mapear estratégias de fomento dessas competências e compartilhar boas práticas.

    Durante todo o ano de 2016, os professores de Chapecó receberam formação continuada do projeto. Na sala de aula, foram estimulados a integrar ao currículo tradicional novos recursos que despertem no estudante habilidades primordiais para o século XXI.

    A Rede Municipal de Educação já envolveu 20 escolas, capacitou 300 docentes e tem 4.000 alunos envolvidos diariamente com o projeto. O objetivo é contemplar todas as unidades de ensino visando transformações sociais, culturais e econômicas, que demandam dos alunos capacidades e habilidades para lidar com as próprias emoções, relacionamento com os outros e os objetivos de vida.