Em novembro Chapecó será novamente a Capital do Mercosul

Em novembro Chapecó será novamente a Capital do Mercosul

28 de abril de 2017 Off Por Chapecó



  • A Administração Municipal de Chapecó recebeu hoje, no Auditório da Prefeitura, parlamentares do Mercosul, diretoria da UPM – União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul, entidades classistas, representantes de Universidades e do Bripam – Bloco Regional de Intendentes, Prefeitos e Alcaldes do Mercosul. Em pauta, a preparação do Seminário Mercosul Cidadão do ano do Centenário de Chapecó. Na reunião de trabalho também foram realizadas a Assembleia Geral da UPM, eleição da Diretoria, Conselhos, Fóruns e Comissões da entidade e a apresentação do calendário de atividades para o biênio 2017/2018.

    Na saudação inicial, o Prefeito Luciano Buligon sugeriu a realização do Seminário Mercosul Cidadão no período que marcará a passagem de um ano do acidente que envolveu a Associação Chapecoense de Futebol, em 29 de novembro de 2016, e vitimou 71 jogadores, dirigentes, jornalistas, tripulação e convidados. “Nossa sugestão também é estender o convite do Seminário às autoridades Colombianas, reforçando o hermanamiento oficializado entre as Cidades-Irmãs, Chapecó e Medellin, promovendo a integração e disseminando a cultura cidadã entre os povos”, complementou.

    Os países membros do Mercosul trabalham para estreitar os laços de integração entre os povos, disseminar a cultura cidadã, ressaltando a valorização das pessoas e suas necessidades. O objetivo do Seminário Mercosul Cidadão é fortalecer as relações comerciais, mas acima de tudo, exaltar e trabalhar os desafios para unir as pessoas, além de auxiliar os parlamentares regionais na elaboração de políticas públicas que promovam melhorias significativas na vida dos cidadãos.

     

    São esperados para a edição 2017 do evento, legisladores e representantes da sociedade civil da Argentina, Uruguai, Venezuela, Brasil, Paraguai, além do Chile, da Bolívia e da Colômbia. O Seminário acontece no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes. É uma promoção da União de Parlamentares Sul Americanos do Mercosul (UPM) e da Prefeitura de Chapecó, com o apoio da Assembleia Legislativa de Santa Catarina e da Câmara de Vereadores de Chapecó.

     

    Chapecó, a Capital do Mercosul

    Chapecó foi escolhida pela terceira vez para sediar o Seminário pela proximidade da fronteira com a Argentina e pela localização estratégica, ao centro dos principais centros urbanos do Mercosul. Para o Prefeito, Luciano Buligon, a realização de mais um Seminário Mercosul Cidadão, em Chapecó, reforça o reconhecimento do Município como a Capital do Mercosul. “O evento já fez história! Neste ano irá engrandecer o nosso Centenário e, mais uma vez, será um marco na integração e na busca da cidadania entre dos povos, destacou Buligon.

    Preparação

    Uma Comissão foi formada durante o evento desta sexta-feira (28-04) para organizar e preparar a programação do Seminário Mercosul Cidadão 2017. O grupo é formado por lideranças dos Blocos Argentino, Brasileiro, Venezuelano, Uruguaio e Paraguaio da UPM, além de integrantes do Poder Público Municipal, entidades e Universidades Regionais.

     

    Assuntos e ações já elencadas na Programação do Seminário Mercosul Cidadão 2017:

     

    A Integração Transfronteiriça Catarinense

     

    O assunto fará parte das atividades de logística do evento e será protagonizado pelo Sebrae/Chapecó-SC. O objetivo do projeto é fortalecer o corredor de escoamento de grãos e fomentar a produção de proteína animal catarinense.

     

    Encontro das Universidades

     

    Será organizado pelas Instituções de Ensino Superior com o objetivo de fortalecer o intercâmbio, a internacionalização das Universidades e a promoção da pesquisa, ciência e tecnologia. O Prefeito Luciano Buligon adiantou que, focado nos estudantes e profissionais do Direito, já foi formalizado um convite ao embaixador brasileiro na Colômbia, Júlio Bitelli, para palestrar sobre a carreira diplomática.

     

    Parque Medellín – um espaço para contemplar a vida

     

    O Parque está sendo implantado no Loteamento Avenida. A área, doada pelo loteador, tem 109.418,84 m2 e contará com mirante, tablados cercados com bancos, floreiras, pista de skate e patinação, portal, guarita, banheiros, caixas de areia com tablados e brinquedos, fontes, espelho de água, canteiros floridos, área para escultura e bandeiras, palco coberto e rua de lazer.

     

    O hexágono, elemento marcante na forma do orquidário do Jardim Botânico de Medellín, foi tomado como referência para a elaboração do projeto do parque. A forma, além de remeter a um espaço emblemático da Cidade de Medellín, refletirá a irmandade que se construiu entre as duas cidades: Chapecó e Medellín.

     

    O Parque de Medellín será um local para contemplar a vida, homenageando sempre aqueles que nos deixaram naquele trágico acidente. Buligon destacou que o primeiro gesto de carinho e solidariedade foi realizado pelo Atlético Nacional e pelo povo de Medellín, que deram à Chapecoense muito mais do um título para um time de futebol, esse ato fez com que os chapecoenses acreditassem e continuassem sonhando. “Foi um impulso para recomeçar e nada do que fizermos aqui será suficiente para agradecer ao povo colombiano tudo o que fizeram por nós”, enfatizou Buligon.

     

    O Prefeito disse ainda que a previsão é entregar o Parque durante a programação do Seminário Mercosul Cidadão. Ele destacou que gostaria da presença do Alcalde de Medellín Federico Gutiérrez Zuluaga para esse momento e para uma palestra sobre o Planejamento e o Desenvolvimento Urbano de Medellín.

     

    Saiba mais

    UPM – União de Parlamentares Sul Americanos e do MERCOSUL. A entidade criada em 1999 congrega parlamentares estaduais e regionais da Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela, além do Chile. Foi reconhecida pelo Parlamento do MERCOSUL como entidade oficial de representação dos parlamentares regionais dos países membros.